Cinema

Deadpool: o queridinho da vez

deadpool-movie-poster-2016

Até poucos meses atrás eu não fazia ideia de quem era Deadpool, até que meu namorado que é super fã me apresentar um pouco sobre ele, mas não tinha colocado muita fé, não achei que fosse gostar, já que heróis ( ou anti-herói nesse caso) e vilões nunca me chamaram atenção, principalmente por eu achar que eles não possuem nenhum senso de humor e são super sérios, até que com o anúncio do filme do Deadpool surgiram inúmeros vídeos e textos a respeito dessa figura, li algumas coisas e assisti alguns vídeos, até que ele me pareceu interessante, pelo senso de humor que diziam ter, já que é o que mais sinto falta nos outros.

Wade Wilson é um ex-militar e atual mercenário, Wade conhece uma garota chamada Vanessa, com quem passa bons e intensos momentos (intensos mesmo), até que no auge do relacionamento ele é diagnosticado com um câncer em estado terminal, porém surge uma oportunidade de uma experiência científica que promete curá-lo do câncer, Wade aceita a proposta e passa por um processo longo e doloroso de transformação, curado do câncer adquire poderes, porém sua aparência sofre algumas alterações, então adota o nome de Deadpool e vai a procurar do homem que o deixou assim, acreditando que ele possa curá-lo da aparência bizarra que conseguiu.

deadpool-wade-wilson-face

Bom, mês de fevereiro finalmente foi a estreia do tão esperado filme, inclusive meu namorado estava morrendo do coração, fomos assistir sexta-feira passada, demorou um pouquinho para chegar no cinema da minha cidade mas chegou, foi simplesmente fantástico, me surpreendeu de maneira muito positiva, um filme de ação e comédia que você ri o tempo todo, Deadpool tem uma personalidade muito única, bem diferente do que estamos acostumados, traz um senso de humor imbatível, um cara que não fica preso numa bolinha de cristal sendo o bonitão sério cheio de charme que faz gracinha pra conquistar uma mulher, digamos que ele seja bem povão, não tem luxo, é engraçado, faz muito sexo e não está afim de ser o príncipe bonzinho da história.

Mesmo que o gênero no filme não faça muito seu estilo, vale muito a pena, surpreende, diverte e abre espaço para coisas novas, se puder assista!

Ah, respeitem a classificação indicativa do filme, nada de criancinhas no cinema porque a vergonha vai bater em certos momentos, vai por mim hahahahahahah

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s